Qual a Quantidade de Luz Que Sua Orquídea Precisa?

Para que a orquídea possa produzir inflorescências abundantes com bom desenvolvimento é preciso saber o quanto de luz a planta está recebendo.

Como você sabe se esta dando as suas orquídeas luz suficiente?

Quando adquirimos uma nova orquídea e a trazemos para casa, ficamos a procura de um local perfeito, onde possamos admirar suas flores e nem sempre esse local disponibiliza a quantidade de luz suficiente que ela necessita para continuar a se manter viçosa. Porém a orquídea suporta esse período enquanto está florida, mas logo após a queda das flores necessitara de condições especiais para novamente florir.

Agora procurar um local com luz natural adequada, devera ser sua principal consideração.

Dependo das espécies de orquídeas algumas necessitam de mais ou menos intensidade de luz é ai que começa a confusão, o quanto de sombra cada espécie necessita. Sabemos que algumas espécies precisam de 30% outras de 50% e ainda 70% de sombra, embora a orquídea Arundina precise de pleno sol para ser desenvolver. Mas como determinar essa quantidade de sombra? É claro que no mercado existe a venda telas de sombrites que deixam apenas passar a quantidade de luz especificada, porém você compra um vaso de orquídea e não vai sair por ai comprando telas sombrites, mas sim um local adequado para deixá-la.

No entanto, quando se trata de luz, a menos que você possua um fotômetro e que a maioria das pessoas não tem e nem sabe como usar o equipamento.

Mas qual é a escala e faixa de lúmens que a planta precisa?

Então como faço para que de uma forma simples eu possa resolver esta questão.
Para um leigo é difícil medir a quantidade de luz de um determinado ambiente, porém vou facilitar através de método prático e eficiente.

Vamos agora entender o quanto de intensidade luminosa algumas variedades de orquídeas já conhecidas devem receber diariamente para seu perfeito desenvolvimento.

Exemplo:

Orquídeas de precisam de baixa luminosidade ou 70% de sombra.

- A maioria das Phalaenopsis e algumas espécies de Paphiopedilums.

Orquídeas que precisam de media luminosidade ou 50% de sombra.

- Algumas variedades de Cattleyas e algumas variedades de Cymbidiums.

Orquídeas que precisam de muita luminosidade ou 30% de sombra.

- As Vandas, Oncidiums e a maioria dos Dendrobiums.

Agora com todo este conhecimento para medirmos a intensidade de um ambiente específico usaremos um método rápido e prático, apenas usando a mão como a única ferramenta.


Vamos denominar o nome deste teste de ”teste da sombra”.

Como proceder:

Segure o seu vaso com as folhas de suas orquídeas a 30 cm de sua mão deixando que a sombra se projete sobre a folha. Agora tome nota da sombra que é produzida pela sua mão.

Teste de sombra a 70%.

Sem sombra visível quando segurar a planta com as folhas a 30 cm de altura e a sombra da mão não se projetar.

Teste de sombra a 50%.

Uma sombra cinza clara será ligeiramente visível quando segurar a planta com as folhas a 30 cm de altura e a sombra se projetar.

Teste de sombra a 30%.

Uma sombra cinza escura será claramente visível quando segurar a planta com as folhas a 30 cm de altura e a sombra se projetar.

Algumas dicas:

Faça a varredura da leitura no momento em que a luz do sol estiver plena, como exemplos ao meio dia.

Mesmo que a planta exija luz intensa nunca deve ser exposta ao sol direta, o que acarretara a queima das folhas.

Lembramos que existe uma normal e significante redução de luz durante o período do inverno. Então você vai querer acomodar a planta durante este período sazonal. Na natureza este equilíbrio de luminosidade é feito pelas árvores hospedeiras que perdem a maioria de suas folhas no inverno deixando entrar mais luz e durante o verão estão bem encopadas com menor penetração de luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts