Orquídea Ophrys Apifera - Inseto ou Planta - Cultivo e Dicas.


A orquídea Ophrys apifera é por excelência uma planta que imita com perfeição uma abelha atraindo machos solitários para se acasalarem que ao se depararem com o engodo acabam por polinizar a flor desta magnífica planta que ao longo de sua evolução desenvolveu este sofisticado sistema de fetiche. Esta fantástica orquídea abelha só floresce uma única vez em sua vida útil. Crescendo em grandes números por alguns anos e vindo a desaparecer por um período, reaparecendo por um capricho da natureza. Sendo vista ao longo das regiões costeiras do País de Gales, em montões de solo calcário ou em terrenos baldios de Portugal. Portanto o seu habitats são: pastagens, argilas ricas em base, dunas calcárias, bancos e bosques de giz ou calcário, sendo uma planta que se desenvolve bem em solo alcalinos. Desenvolve-se desde a Europa Central e Austral, incluindo Grã-Bretanha, Portugal até o Norte da África.

Esta planta durante o outono ou inverno aparece à formação de uma roseta de baixo das folhas surgindo a flor a uns 5 ou 80 centímetros de altura do solo e que medem de 0,5 a 4 cm, com cor que vai do branco, roxo, verde, amarelo ou rosa; a cor dos lábios pode ser preto, roxo, vermelho, azul, rosa, laranja, branco, amarelo, marrom ou verde, a flor pode ter mais de uma cor sendo listrada, pontos ou disforme. O crescimento da parte aérea da planta morre com a chegada do verão deixando dois tubérculos dormente um prominente e outro menor com aproximadamente de 1 a 3 cm de diâmetro. 

A principal praga que costuma atacar esta espécie é o afídio ou pulgões, insetos sugadores de seiva que debilitam a planta.

Os tubérculos da Orquídea abelha precisam ser mantidos por um período seco, mas no verão necessitam de um pouco de umidade para manter-se vivo.
Há planta é considerada comestível é de seus tubérculos que se extrai um pó branco fino e amarelado que é uma fonte de salepo, que é dito ser muito nutritivo e de onde se prepara uma bebida ou ainda no preparo de pães.

Cultivo:

É uma orquídea fácil de ser cultivada observando que a planta durante o verão morre deixando dois tubérculos que ficam dormentes neste período e emergem no final do verão ou no outono com o surgimento das flores no inverno, primavera e início do verão.

Alguma espécie de orquídea Ophrys resiste até -18 ºC de temperatura, mas outras não resistem a -4ºC. Plantas cultivada externamente como em jardins merecem uma proteção para evitar fortes geadas durante os meses frios.

Molhar a planta regularmente durante o período de crescimento é essencial para seu bom desenvolvimento, reduzindo a rega com o aparecimento de flores e para a rega quando as folhas morrerem completamente, pois é o período de repouso da planta e necessita ficar seca completamente. As chuvas do final do verão irão estimular os tubérculos com a quebra da dormência levando ao surgimento da brotação.

Substrato:


80% de perlita média ou pedra pomes ou argila expandida pequena com 20% de matéria orgânica como aparas de madeira ou pó de serra é o ideal para o cultivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts