Os Primeiros Cuidados Com Minha Orquídea.

Orquídea Denphal
Passamos por muitas datas comemorativas ou ocasiões especiais, como dias das mães ou namorados ou momentos especiais em que você que agradar alguém que você gosta. Tais datas ou momentos são comercializadas flores tão especiais e em grande número, entre as mais vendidas pelos floricultores estão as orquídeas.

E quem não se sente elogiado quando presenteado com uma belíssima orquídea, que derrete qualquer coração de mãe ou aumenta os batimentos do coração da pessoa amada ou ainda demostra profundo apreço pela pessoa em questão.

E agora o que fazer com a bela orquídea que você ganhou?

Vou descrever aqui algumas dicas essências que vão ser de grande ajuda, para que não venha a se frustrar em não saber como proceder com aquela bela planta que com muito amor e apreço você ganhou.

Quando acabar de adquirir uma orquídea siga alguns passos como descreveremos abaixo.
Sempre que ganhar uma orquídea nova você deve colocá-la em quarentena por pelos menos 3 semanas, para evitar uma possível infestação de pragas. Deixando-a longe de sua coleção se assim você dispor e para melhor inspecioná-la durante este período de tempo.

Inspecione sua planta de perto regularmente verificando sinais de pragas e doenças como insetos ou manchas entre as folhas, flores, pseudobulbo, raízes e substrato.

Após este período de 3 semanas, se todos os sinais sugerem que a planta está saudável e livre de pragas e doenças, então poderá colocá-la com as outras da coleção.

Se você contatou algum sinal de praga e doença, deixe-a isolada das demais, até que a planta fique livre de tais... Deixando-a agora por um período mais longo de tempo que podendo ser de até três meses, dependendo do tipo de praga e doença e sua infestação. Porém há casos como certos vírus o qual não há cura em que a planta não poderá se juntar com as demais de sua coleção.

Faça o que quiser, mas não mova sua orquídea.

Depois que você encontrou o local ideal para colocar sua orquídea em casa, procurando sempre posicionar os botões florais em direção de onde vem a maior incidência de luz e depois a deixando lá. Evite todas as formas de reposicioná-la.

O porquê disso:

É extremamente importante não mover a orquídea uma vez que o vaso de orquídea que você ganhou têm botões que estão desabrochando orientados pelo eixo de desenvolvimento em direção da luz. Se o fizer, os botões florais vão tentar reorientar-se procurando a direção da luz, isso vai resultar em um aumento da torcida distorcendo o eixo de desenvolvimento dos botões florais o que acarretara em má formação da flor e o aborto de alguns botões como ilustra a foto, onde fiz uma experiência com uma orquídea Denphal movendo-a de lugar, para demostrar aos queridos leitores deste blog o que acontece com os botões florais, aonde pode se observar perfeitamente as flores com má formação e botões que abortarão.

Se você quiser mover sua planta de lugar, espere até que todas as flores estejam abertas, assim quando terminar o pico de abertura dos botões florais é o momento seguro para mover ou reorientar a sua planta como você gostaria.

Durante o período de floração a orquídea não necessita de adubação, até o momento em que novamente começar o desenvolvimento de novos brotos.


Quando levamos um vaso de orquídea para casa sempre procuramos um lugar que se encaixe com o ambiente e que fique em destaque para que olhos curiosos a veja, porém esse lugar em sua maioria não é local aonde a planta após a queda das flores irá novamente se desenvolver de forma satisfatória, para que novamente venha a produzir belas flores. Nesse caso o primeiro passo é saber de que espécie de orquídea se trata, para que assim proceda com os cuidados ideais. Então ao adquirir sua orquídea guarde o seu nome e pesquise aqui mesmo neste blog, pois há muitas dicas do cultivo de várias espécies.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts